A “Ká”

IMG_20140627_081417

Brasileira, nascida e criada em São Paulo, capital. 30 anos. Casada.

Mora no velho continente desde 2011. Desde 2013 em Brielle, na Holanda. Já morou também em Votorantim/Sorocaba (Brasil), Oyten/Bremen (Alemanha), Bauru (Brasil), Freiburg (Alemanha) e Bonn (Alemanha).

Meio radialista, meio jornalista, mas atualmente trabalhando numa empresa chinesa mexendo com papéis que nem ela mesma entende.

Mestre em “International Media Studies” pela Deutsche Welle Akademie/Universität Bonn/Hochschule Bonn-Rhein-Sieg, em Bonn, Alemanha. Ainda não conseguiu decidir o que quer ser quando “crescer”. Enquanto isso, vai experimentando.

O “Ká com meus botões”

Das coisas simples às mais complexas do mundo cá longe. Minha terapia, meu livro pessoal, um “monólogo” entre mim e meus botões.  Não tem, portanto, a menor pretensão de ser o retrato da verdade, tão menos de ser politicamente correto.

Anúncios

17 responses »

    • Oi Ana Paula!

      Seu blog é muuuuuuuuito bom! Passei quase a tarde toda escapando dos estudos pra ler seus posts.hehe
      A linguagem é super leve e gostosa! E seus filhos são fofos demais!

      Um beijo!

  1. Oi Ka, tudo bem?

    Acabei de me formar em jornalismo e tô pensando seriamente em me candidatar a esse programa de mestrado da DW 🙂 Será que eu poderia te mandar um email com algumas perguntinhas?

    Beijo!

  2. Meu nome é Jardell, tenho 29 anos, e tenho a oportunidade de fazer um intercambio de 1 ano na Alemanha, pela instituiçao DEULA, é um intercambio agricola, onde vou ficar em propriedades. Terei moradia, alimentacao e uma ajuda de custo de 300 euros.
    Estou contando para vc poder entender minha situacao e ideia.
    Sei que no comeco da forma como estou indo é muito trabalho, com pouco dinheiro, mas o meu interesse é poder entrar na Alemanha legalmente, pois penso em morar ai, acho o pais fascinante.
    O que quero te perguntar, minha viagem é só em agosto, até lá estarei comecando a estudar alemao aqui no Brasil, para aprender o básico do básico, depois irei morar ai com alemães e penso nos meus momentos de folga fazer um curso de alemão. Por tudo isso, vc acha q de para eu com 1 ano, morando com alemães, fazendo curso de alemão, conseguir chegar a o nivei B1? Sei que vária mt de pessoa para pessoa.
    Outra duvida, pergunto isso, pq ao pesquisar vi que uma chance de conseguir ficar ai legalmente é como estudante, mas antes de ir para universidade terei que fazer 1 ano para complementar os estudos. É muito dificil conseguir uma vaga em uma universidade alemã?
    Qual o valor em media de moradia e alimentação?
    Obrigado,
    Jardell.

    • Olá Jardell!

      Obrigada pela visita ao blog e pelo comentário!
      Como você mesmo escreveu, o aprendizado de uma língua varia muito de pessoa pra pessoa, mas também depende muito do ambiente em que a pessoa vive. Estar sempre entre alemães é o melhor jeito de aprender a língua, principalmente se eles não falarem muito bem o inglês, porque aí você é forçado a se comunicar em alemão. Por isso acho que em um ano você consegue chegar e até ultrapassar o nível B1 se se esforçar e também estudar em casa ou frequentar um curso na Volkshochschule da cidade em que for morar (espécie de universidade popular que oferece vários cursos). Da primeira vez que vim pra Alemanha, morei um ano com uma família alemã e frequentava o colégio. Em 3 meses eu já estava praticamente fluente. Isso prova, que é sim possível, embora não seja fácil.

      Sobre vagas em universidades alemãs, vale a pena dar uma olhadinha no site: http://www.study-in.de Lá tem todas as informações de que precisa, inclusive em inglês. Que eu saiba, você tem que se cadastrar num site antes e fazer todo o processo de candidatura para as universidades alemãs por lá. Eu vim num esquema diferente, por isso não sei te dizer direito. Sei que se você ainda não tiver feito uma faculdade ainda no Brasil, ou completado pelo menos um ou dois anos de estudos (não tenho certeza quanto aos anos) precisa frequentar aqui o Studienkolleg, que é uma espécie de “cursinho” para equiparar o diploma do ensino médio brasileiro ao alemão.

      De qualquer forma, acho que o site que indiquei tem bastante informação e vai conseguir solucionar suas dúvidas.

      Boa sorte com tudo e tudo de melhor pra sua mudança pra cá em agosto!

  3. Boa noite!
    Karen, li teus posts, demais! Parece até retirado de filme, quantos acontecimentos legais. Pois bem, desde minha última mensagem, ainda não sabia o que fazer em relação ao mestrado, pois agora já sei, tem que ser colocado mais alto na prateleira das prioridades, um urso de cada vez. Nem me conhece, mas queria abusar da tua bondade e conhecimento, pois dia 11 de março do corrente ano, vamos, digo eu e mais cinco oficiais amigos, passar 3 meses ai nas proximidades, sendo que o mês de março vai ser aí em Bonn, na sede da Eurocopter, em curso de pilotagem de helicóptero, adquirido pelo nosso estado, daí te pergunto algumas coisas básicas, tipo é vantagem telefone internacional, do tipo Tim lirbety, tarifado internacionalmente, ou não, quais locais devemos frequentar, ou mesmo, o que fazemos para as horas de ócio, na verdade gosto de correr, mas acho que o clima vai nos empurrar para uma academia, bem, essas são algumas dicas que te peço, pois conforme a liberação da especialização da minha esposa, ela também vai passar algum tempo comigo, no mais, já te agradeço pela atenção e disposição em passar o que viveu e continua vivenciando. Fica com Deus!
    gfrancajunior@gmail.com

  4. Bom dia Ká. Meu nome é Gustavo Felipe, tenho 26 anos e estou indo para Freiburg em julho. Os pais do meu vó nasceram em Freiburg, família Krug. Gostaria de saber se é possível conseguir viver legalmente em Freiburg, pois esse é o meu desejo. Sabes se é possível retirar a cidadania alemã em Freiburg? A onde ir? Quais documentos?
    Obrigado.

    • Olá, Gustavo!

      Obrigada pela visita! Infelizmente eu não tenho cidade europeia, então não tenho ideia de como essas coisas funcionam.

      Como turista você só pode ficar no país por 3 meses. Pra ficar além disso, você precisa estar estudando ou trabalhando e precisa comprovar que tem como se sustentar por aqui.

      Se você estiver estudando, precisa comprovar que terá o que equivalente a 650 euros por mês (em média) enquanto estiver por aqui, seja através de uma bolsa de estudos, de ajuda vinda do exterior (pais) ou de economias que você tenha transferido para uma conta alemã. Além disso, como estudante você pode trabalhar 120 dias por ano.

      Se tiver um contrato de emprego, precisa levar o contrato, se não me engano. Mas a secretaria de imigração exige que você ganhe uma certa quantia por mês, ou seja, não pode ser qualquer emprego que te pague 500 euros por mês. Mas não tenho muitas informações sobre isso.

      Desculpa não poder te ajudar mais.

      Abs.,
      Karen

  5. Olá, adorei o seu blog , muito legal mesmo, também pretendo morar na Alemanha , em Bremen. E gostaria de saber como você conseguiu a bolsa de estudos. É muito dificil? Bjo Mandi

  6. Karen! Lembra de mim? Trabalhamos juntos em Bauru, vc saiu e deu lugar a Morena. Costumavamos sentar lado a lado e eu pirava nas suas historias. Inclusive, eu estava do seu lado quando vc recebeu o email dizendo que vc ia voltar pra Alemanha pela 2a vez.

    Vc è uma inspiracao, sabia?

    Vi seu perfil no Instagram da Morena e segui e achei seu blog, haha. Que mundo doido! Eu tb estou na Europa. Estou na Irlanda e tb escrevo um blog!

    Nao sei se vc lembra que eu sempre dizia que queria viver fora do pais um tempo, ca estou.

    Seu blog è òtimo e vc esta maravilhosa! Um beijao! Sucesso

    • Oi Rick! Claro que me lembro de você (e do dia em que recebi o e-mail da bolsa durante o expediente na Z3)! Que surpresa boa te reencontrar e receber um recado seu aqui no blog!

      Você está na Europa? Que máximo!!!! Me lembro também que você sempre quis fazer um intercâmbio! Muito feliz em saber que você correu atrás e está realizando esse sonho! De coração!

      Obrigada pelas palavras de carinho! Você, como sempre, um querido!

      Ficamos em contato, por aqui e pelo FB (acabei de ver seu convite lá).

      Um beijo enorme e vamos nos falando!

  7. Ká,
    Gostei muito do seu blog, me ajudou bastante.
    Gostaria de saber se você tem algum e-mail para contato, para tirar algumas dúvidas.
    Obrigada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s