Category Archives: Gastronomia

Albert Heijn to go

Padrão

A Albert Heijn é uma rede de supermercados holandesa equiparável à rede “Pão de Açúcar” brasileira: com um ambiente mais agradável pra fazer compras e produtos de mais qualidade, embora um pouco mais caros.

Desde o início desse ano (se minhas fontes não estiverem me enganando), a rede tem uma versão “to go” em praticamente todas as estações de trem e locais estratégicos das cidades holandesas. As lojas Albert Heijn to go focam em produtos mais saudáveis, como frutas, sucos, saladas, wraps, sanduíches naturais – tudo prontinho e em embalagens práticas pra comer no caminho ou levar na bolsa -, mas tem também doces, salgadinhos, refrigerantes, pães e afins.

Minha bolsa na última segunda-feira, com wrap de salmão, salada de fruta e suco de laranja. E viva o Albert Heijn to go!

Além disso, na própria loja tem um microondas que você pode usar pra aquecer a comida ou o sanduíche que você acabou de comprar.

Eu adoro as opções de frutas cortadinhas e lavadinhas em potinhos, as cenourinhas em potinhos, as frutas avulsas (banana e maçã), as saladas, os sanduíches naturais e os sucos de lá. Toda vez que viajo pra Holanda páro na loja da estação de Rotterdam ou de Utrecht (dependendo da folga entre uma conexão e outra) e compro um lanchinho saudável pra viagem. Acho tudo muito prático, gostoso e o preço aceitável.

Agora me diz, por que Bonn ainda não tem um Albert Heijn to go? Seria tão mais fácil ser saudável!

Li que eles abriram a primeira loja em Aachen, perto da fronteira com a Holanda, no meio desse ano. Vou ficar na torcida pra moda pegar e se espalhar por todo o país.

Anúncios

Momento “Amélia” – Parte 2

Padrão

Ando tão prendada na cozinha que, como diria a minha avó,  “já posso casar”.hihi Mas confesso que estou dando graças a Deus que a vida de Amélia acaba hoje, já que amanhã volto pra Bonn e lá cozinho coisas bem mais simples só pra mim (tipo carne de soja e legumes de caixinha, que é fácil e segura a balança).hehe

Sexta passada fiz um macarrão ao creme de frango e brócolis que ficou uma delícia. Super recomendo!

Se quiser provar, anote aí a receita:

– 1 pacote de macarrão tipo fettuccine (comprei a massa fresca e ficou ótimo!)

– 1 maço pequeno de brócolis (eu usei só duas partes dele picadinhas)

– azeite

– 1 dente de alho

– 1 peito pequeno de frango desfiado

– 1 xícara de leite

– 1 lata de creme de leite (que eu substituo sempre por creme fraiche)

– 1 embalagem de cream cheese

Preparo do molho: Cozinhe o peito de frango com um cubinho de caldo maggi e desfie. Cozinhe o brócolis no vapor, pique em cubinhos (ou como der, pq ele despedaça). Separe. Dê uma fritada no alho com o azeite. Adicione aos poucos o creme de leite, o leite e o cream chesse.  Por último acrescente ao molho o frango e o brócolis. E voilà!

Ontem fiz berinjela ao forno, salmão assado e arroz. A receita da berinjela eu peguei no blog da Bruna e o salmão é tão simples que não precisa de receita.

Berinjela ao forno

– 1 berinjela

– alho

– 3 tomates

– queijo feta (acho que ricota tb rola, o negócio é ser mais leve)

– molho de tomate

– azeite

– salsinha

– sal

– azeitonas

Preparo: Corte a berinjela em rodelas e sapeque cada rodela no azeite com alho (jogo rápido). Corte os tomates também em rodela. Monte no refratário intercalando as rodelas de berinjela e de tomate. Esfarele o queijo feta por cima, acrescente as azeitonas cortadinhas e, por último, coloque um pouco de molho de tomate por cima de tudo. Asse por 30 minutos em forno pré-aquecido 180ºC.

Salmão ao forno

– tempere uma peça pequena de salmão com sal (eu sei um temperinho que já veio com o próprio salmão e tinha umas ervas) e jogue salsinha picada por cima. Embrulhe-o em papel alumínio e leve para assar por 30 minutos em forno pré-aquecido 180ºC. Depois abra o papel alumínio e asse por mais uns 5 minutinhos só pra pegar uma cor.

Sirva o salmão e a berinjela com arroz branco. E bom apetite!

P.S. 1: As receitas sempre servem 2 pessoas.

P.S. 2: A foto do macarrão é desse site aqui, de onde tirei a receita.

Momento “Amélia”

Padrão

Tô aproveitando as férias pra tentar reaprender a cozinhar decentemente. Num passado bem distante eu cozinhava tão bem que preparava pequenos “banquetes” pra família inteira com a minha prima na cozinha de casa (tínhamos uns 12 anos e nos divertíamos muito)… Com o passar do tempo deixei de sentir prazer em cozinhar e, durante a faculdade toda, vivi de pratos simples e rápidos, do tipo arroz e strogonoff, bife, salada, feijão, macarrão e, no máximo, um frango xadrez quando a galera se reunia pra cozinhar.

Com receitas brasileiras em mente mas ingredientes alemães ou holandeses à disposição, voltar a cozinhar pratos mais elaborados passou a ser um jogo de erros e acertos. Mas já que o namorado topou ser cobaia, eu fico repetindo pratos que não dão certo até ficarem do jeito que quero – como aconteceu com o fricassê de frango, que já fiz duas vezes e ainda não acertei.

Hoje resolvi fazer pela primeira vez um quiche de espinafre, acompanhado de uma salada de alface, tomate, pepino e manga. Foi um jantar perfeito de verão! Usei a receita de um site pra massa e desse blog aqui pro recheio e garanto, fica ótimo!

Namorado-cobaia e eu aprovamos. Esse vai pro caderninho de receita com certeza!

Receitinha:

Massa

1 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo

6 colheres (sopa) de margarina gelada

3 colheres (sopa) de água fria

quanto baste de sal

Preparo: misture tudo com as mãos até que a massa fique homogênea. Espalhe a massa em um refratário redondo médio forrando o fundo e as laterais.  Antes de adicionar o recheio, pré-asse a massa por 15 minutos em forno moderado (180º)

Recheio

1 maço de espinafre

cebola picada

4 ovos

40g de queijo parmesão ralado (peguei qualquer queijo ralado mais grosso que achei no mercado)

3/4 xícara de iogurte natural

3/4 xícara de creme de leite (substituí por creme fraiche desnatado)

Preparo: Refogue o maço de espinafre picado com cebola na margarina. Separe. Bata os ovos, uma parte do queijo, o iogurte, o creme de leite (creme fraiche) e um pouco de sal em um refratário. Despeje a mistura sobre a massa pré-aquecida, adicione o espinafre refogado e jogue o restante do queijo por cima. Asse então por 30 minutos ou até dourar.

E bom apetite!