Tag Archives: wedding

Casamento feito à mão – parte 2: mesa do bolo

Padrão

Na minha cabeça a nossa mesa do bolo teve mil versões diferentes. Primeiro eu queria uma cortina de fitas de cetim atrás, depois vasinhos com flores pendurados em alturas diferentes e tudo mais o que o Pinterest me sugeria. Também perdi as contas da quantidade de horas, dias e semanas que gastei passeando pelas páginas da Etsy. Tudo tão lindo, tão original, de tanto bom gosto. Recomendo muito!

No final, quando soube que ia ter que deixar toda a montagem nas mãos do gerente do restaurante e que ele não tinha idéia de onde iria posicionar a mesa, resolvi optar pela simplicidade. Também decidi que, já que eu ia comprar tudo, era melhor que fossem coisas que eu pudesse usar na minha casa depois (como decoração). Fui à V&D (uma loja de departamento holandesa) comprar vasinhos pequenos pras mesas dos convidados, vi um arranjo lindo de uns vasões com cerejeiras artificiais e pensei: é isso.

8 (126)

Pra dar um toque rústico à mesa comprei 5 metros de juta que cortei com a ajuda do meu pai e meu tio um dia antes do casamento e joguei por cima da mesa. O que sobrou serviu de toalha pra mesa dos presentes.

Pros brigadeiros e beijinhos de copinnhos feitos por uma amiga querida, comprei duas bandejas lindas na Xenos por cerca de 10 euros cada e coloquei-as ao contrário, fazendo as vezes de suporte. Os copinhos foram trazidos do Brasil pela minha irmã.

Bandeja de brigadeiros

Eu não quis fazer bolo com bandeira do Brasil e da Holanda (honestamente, acho um “ó”), mas queria que algo mostrasse que esse era um casamento entre uma brasileira e um holandês, então decidi colocar docinhos brasileiros e holandeses na mesa do bolo e escolhi uma tradição brasileira e uma holandesa para colocar na festa. Os doces brasileiros foram os brigadeiros e beijinhos e os holandeses foram haartjes e stroopwafels, todos devidamente identificados.

8 (128)

O bolo foi um naked lindo feito por uma holandesa querida que é professora durante o dia e boleira nas horas vagas. Ela nunca tinha ouvido falar de bolo naked e nunca tinha experimentado “beijinho” na vida, mas encarou fazer um bolo de chocolate com recheio de beijinho pra ir entre outros dois naturais – um com recheio de laranja e outro de morango. Tudo isso pela metade do preço do bolo de casamento mais barato que eu tinha achado nas minhas buscas. Não sobrou um pedaço pra contar história.

Comprei o suporte vintage pela Amazon.de e montei a palavra “LOVE” com botões (inspirada nos nossos convites) pra decorar a frente. O “topper” foi feito no Brasil por uma amiga querida que trabalha com artesanato – Tesouros da Tita -, e que também fez um Santo Antonio que eu joguei junto com o bouquet no final da festa.

O bolo

Ficou tudo simples, mas muito bonito. Tudo do jeitinho que queríamos. Bem cara de “casamento feito à mão”.

8 (144)

Casamento feito à mão – parte 1: convites

Padrão

Como eu contei num post há uns dias, nosso casamento foi todo feito por nós mesmos, nossas famílias e amigos. Queríamos algo simples, rústico e bem pessoal, então colocamos as mãos na massa.

O primeiro detalhe feito por nós mesmos foi o convite. Um amigo fez toda a parte gráfica e nós decoramos os envelopes, cortamos e colamos tudo e colocamos tudo com o maior cuidado nas caixas do correio. Foram noites com a bunda sentada na cadeira depois do trabalho pra dar conta de fazer 35 convites, mas foi muito bacana poder imprimir nosso amor em cada um deles e, modesta a parte, eles ficaram um mimo. Olha só:

ImageImage

 

 

Porque metade de mim é amor…e a outra metade também.

Galeria