Casamento feito à mão – parte 4: tradições

Padrão

Como resolvi não usar bandeiras no casamento, fiquei um bom tempo pensando em como representar esse “casamento internacional” na festa. Não é nada obrigatório por assim dizer, mas é era um detalhe que, pra mim, era importante.

Resolvi representar os dois países na mesa do bolo e através de duas tradições – uma de cada país. O lado brasileiro foi representado pelos bem-casados e o lado holandês por uma “wish tree” que colocamos na mesa dos presentes pra que os nossos convidados pudessem nos deixar uma mensagem.

Fiz plaquinhas explicando as duas tradições e tudo ficou muito bacana. Os bem-casados foram embalados em tecidos de várias cores diferentes e a “wish tree” recebeu folhinhas de papel.

Uma ótima idéia pra casamentos internacionais. Olha só:

Anúncios

3 responses »

  1. Querida,

    “Tai” um cuidado que eu tmb tenho, evidenciar que somos uma família binacional e sempre que possível compartilhar as tradições de ambas as nacionalidades 🙂

    Tudo impecável!

    Felicidades!
    Mari

    • Que bom que curtiu, Mari! Eu tb acho super importante. Fiquei pensando um tempao em como fazer isso de uma forma legal mas simples e acabei descobrindo um monte de significado que não conhecia pros bem casados.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s