Quanto custa viver na Alemanha? Parte 2

Padrão

Reparei que muita gente vem parar aqui no blog tentando descobrir quanto custa viver na Alemanha. Decidi então que era hora de compartilhar mais alguns preços, assim vocês podem ter uma ideia de quanto custa viver por aqui.

Eu, particularmente, acho o custo de vida aqui muito mais baixo do que no Brasil. Com os 750 euros que eu recebo por mês de bolsa de estudos consigo pagar meu aluguel, meu seguro saúde, comer, sair com os amigos prum café, cinema ou um barzinho de vez em quando, comprar uma peça ou outra de roupa e viajar pra Holanda todo mês (comprando a passagem com antecedência).

Claro que nem sempre foi assim. No começo eu comia todo dia no restaurante da Deutsche Welle (cerca de 4 euros por dia só pra almoçar), tomava café e comia bolo em bistrôs no centro da cidade com frequência e sempre que via uma promoção queria comprar. Além disso,  eu precisei comprar roupa de cama, louça, roupas de inverno e coisinhas pra casa nos primeiros meses.  Então todo mês gastava todo o dinheiro da bolsa e ainda precisava usar um pouco do dinheiro que tinha trazido do Brasil pra viagens e emergências. Levei um tempo até me acostumar com a falta de cheque especial e cartão de crédito e entender que eu tinha que viver com esses 750 euros por mês.

Comecei a cozinhar em casa, parei de passear tanto pelas lojas do centro e comecei a reservar o prazer de tomar um cappuccino acompanhado de um bolo num local bacana pros finais de semana. Também comecei a dar aulas de português em Colônia uma vez por mês pra bancar minhas viagens e gastos extras. Claro que sempre tenho que controlar os gastos, mas hoje os 750 euros são suficientes pra levar uma vida de estudante simples.

Todos os valores abaixo são os preços praticados na cidade de Bonn, uma cidade de 300 mil habitantes no estado de Nordrhein-Westfallen, onde vivo.

1. Aluguel: eu moro numa residência estudantil. Tenho uma mini-cozinha e um banheiro. Pago 248 euros por mês. Uma amiga aluga um quarto na casa de um casal. No quarto dela tem uma cozinha meio improvisada e ela tem um banheiro só pra ela no andar de baixo. Ela paga 345 euros por mês. Um amigo mora com a namorada num lugar ótimo e tranquilo ao lado do Beethovenhalle (casa de concertos) perto do centro de Bonn e perto do rio Reno, num apartamento com 2 quartos, sala, cozinha e banheiro. Eles pagam 800 euros de aluguel por mês, já com aquecedor, água e eletricidade.

2. Seguro saúde: como sou estudante, pago cerca de 80 euros por mês. Quando eu terminar o mestrado, o valor dobra.

3. Transporte: eu pago 230 euros por semestre pra faculdade pra cobrir taxas administrativas e transporte. Recebo então um selo no meu cartão da faculdade com o qual posso usar qualquer tipo de transporte em Bonn e viajar pelo estado de Nordrhein-Westfallen inteiro com os trens comuns (RB e RE) sem pagar nada extra. Depois das 19h durante a semana e o dia todo nos finais de semana, posso levar mais uma pessoa com o meu cartão. Mas isso só porque eu sou estudante. Cada passagem de ônibus, bondinho e metrô em Bonn custa 2,70 euros. Há opções de tickets diários (7,80 euros), semanais (22,40 euros) e mensais (84,30 euros) também, que aliviam um pouco os custos.

4. Cinema: uma entrada inteira custa cerca de 8 euros  e estudantes pagam entre 6 e 6,50 euros (preços válidos para Bonn).

5. Academia: em uma das academias da rede McFit, a mensalidade custa 19,90 euros. Um curso de Zumba num estúdio de dança custa 25 euros, com direito a uma aula por semana.

6. Gastronomia: eu e meu namorado gostamos de comer num WOK (comida asiática) no centro que prepara tudo fresquinho na hora e é barato. Pagamos sempre uns 12 euros por duas refeições e suco. Um lanche no Subway custa em média 3 euros (sem os adicionais). Um menu no McDonalds custa por volta de 6 euros (eu não sei o preço exato, porque como lá uma vez por ano só). A maioria dos pratos em um restaurante normal custa em  torno de 10 euros (arredondando um pouco pra cima e pra baixo um pouco). Um refrigerante custa entre 2 e 3 euros e um suco de laranja ou maçã (os tradicionais por aqui) uns 3 euros, dependendo do lugar. Na cantina da Deutsche Welle eu costumo pagar 0,90 centavos de euro por um café ou cappuccino. No centro, pago 1,90 euros pela mesma bebida  na padaria e quase 4 euros num café bacana e aconchegante. Tudo depende do ambiente. Tem opção pra todos os bolsos.

7. Cursos de idiomas: por 4 meses de curso de holandês paguei 70 euros no ano passado. Fiz na Volkshochschule (universidade popular) e o curso não era dos melhores. Mas bem, o curso todo me custou só 70 euros. Então tá valendo.

Postarei mais pra frente preços de alimentos, roupas e afins, ok? Mas acho que os 7 itens acima já dão uma ideia do quanto custa a vida por aqui.

Pra ler a parte 1 da série, clique aqui.

Anúncios

One response »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s