Medicina de primeiro mundo

Padrão

No ortopedista na segunda-feira:

Médico entra na sala, encosta na janela, cruza os braços e diz em alemão: Hjljggvcrt hutfv dbr hgtr.

Eu, que achava que fala alemão super bem: Ãhn?

Assistente do doutor olha pra mim e repete, também em alemão: Tire os sapatos, por favor.

Eu: Ah tá. Então doutor, eu sinto uma dor no calcanhar quando eu ando, mas não é sempre. É como se um osso tivesse solto no pé e ficasse raspando na pele enquanto eu ando.

Médico: Tgb njhuh tvbdudndk.

Eu: Oi?

Assistente: Dê uma volta na sala.

Eu: Ah, okay.

Médico: Hggfdvvr ionngrty.

Eu: Desculpa?

Assistente: Deite-se na mesa sobre o seu ombro direito.

Médico torce minha coluna sem avisar, eu grito, ele fala uma dúzia de palavras incompreensíveis pra assistente, saí da sala e nunca mais volta.

Passo na recepção na saída pra pegar a receita do que eu tenho que comprar.

Sim, o médico era alemão. Não, ele nem tocou no meu pé e eu não tenho ideia de qual é o problema. Só sei que entrei no consultório com um calcanhar doendo e saí com a coluna em frangalhos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s