Por que a Holanda é mais cara do que a Alemanha?

Padrão

Como eu contei no post anterior, tô passando férias na Holanda. Como tô hospedada na casa de um holandês, vivendo como uma moradora local, minha rotina aqui não envolve trens, mapas, guias de turismo, museus, albergues e malas e sim, voltinhas à pé pelo bairro, visitas regulares ao supermercado, idas ao centro da cidade pra comprar coisas do dia-a-dia como shampoo e sabonete, algumas horinhas com a barriga no fogão (não todos os dias), visitas à amigos, cineminha e programas simples, daqueles que a gente faz quando está passando as férias em casa, saca (homenagem à minha ex-professora Letícia)? 

Eis que as horas que passo na frente de cada prateleira no supermercado nessa minha vida de “cidadã-quase-holandesa-que-não-fala-holandês” têm me levado a reparar em outra coisa (além do fato de o holandês ser bem mais difícil do que o alemão): os preços são bem mais salgados por aqui.

Um litro de leite aqui custa quase o dobro do que custa na Alemanha. Ontem vi o mesmíssimo iogurte que compro em Bonn custando 0,69 centavos a mais do que pago no Rewe – que não é lá o supermercado mais barato da Alemanha. Para ter acesso à TV aqui é preciso pagar um provedor (UPC, único disponível), cuja taxa mensal é de cerca de 15 euros (e os alemães ainda reclamam da taxa de cerca de 17 euros que eles pagam por ANO para ter acesso a um ponto de TV na casa Professor passou informação equivocada, Francis França esclareceu logo abaixo). Os carros aqui também custam 30%  mais do que na Alemanha.

Por que será que, mesmo sendo vizinha da Alemanha, a Holanda tem preços tão diferentes? Okay, você vai me dizer que eles são um país menor e, por não ter espaço pra produzir tanta coisa, eles importam muito. Mas eu nem cheguei na parte de verduras, legumes e carnes… estou falando de iogurte, leite (hello, aqui não é o país das lindas vaquinhas holandesas?), cereais…

Vai entender! Explicação da Francis França logo no comentário abaixo. Vivendo e aprendendo. Brigada pelo esclarecimento, veterana!

P.S.: Ah, sim. Eu estou perto de Rotterdam aí nesse mapinha.

Anúncios

2 responses »

  1. Oi, Karen!
    Provavelmente é porque os “Discounts” na Alemanha fazer pressão para baixar os preços. Aqui a concorrência deve ser maior. Sem contar que tem muito subsídio do governo, também, para produtos alimentícios.

    Übrigens, a taxa da TV aqui é de 17 euros por mês, que nem aí, não por ano. Já vem incluída no nosso aluguel. 🙂
    Beijos!

    • Aha… Schmidt tinha passado uma info errada então, Francis. Ele disse que a taxa era anual. Valeu pelas informações. Esclareceu muita coisa! Beijão!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s